a rádio web da cidade

AO VIVO
Baixe já seu app
PUBLICIDADE

Salto Alto

Publicidade

Pais das Debutantes 2017 do CER Atlântico participam de palestra sobre adolescência e família

Momento foi de repensar a adolescência e entender essa fase da vida

Por: Assecom
Fotos: Divulgação
Julio Brondani deu as boas-vindas aos pais das debutantes

Dentro da programação do Baile das Debutantes 2017, nesta quarta-feira, 7 de junho, foi a vez dos pais das jovens participarem de uma atividade de integração com a Diretoria do Clube Esportivo e Recreativo Atlântico. Uma palestra ministrada pela Mestre em Psicologia, Jacqueline R. Bianchi Enricone, sobre “Adolescência e Família”, marcou o encontro com os pais. A abertura do evento foi feita pela diretora social, Lúcia Balvedi Pagliosa, e pelo presidente do CER Atlântico Julio Brondani, que afirmaram estarem felizes com a presença de todos, explicando que aquele era um momento de descontração e também de conhecimento. O Baile das Debutantes 2017 será realizado no dia 7 de outubro, porém, até essa data, uma intensa agenda vai preparar as jovens para a grande noite de gala. Palestras, passeios, domingo no parque, curso de dança, balada, ensaios e muita expectativa preencherão esse período.

A psicóloga Jacqueline Enricone falou que as transformações na sociedade e na família, ao longo do tempo, alteraram o significado da infância e da adolescência. Segundo ela, as mudanças sociais e culturais aconteceram devido ao desenvolvimento progressivo de uma sociedade que vive mais o momento presente, ao aumento do consumo, ao excesso de informação e de escolhas, assim como na crença no princípio do prazer, que resultou na perda de identidade pessoal, passando os grupos a ter uma identidade. Ela também explanou sobre a influência da tecnologia, que, na sua avaliação é ótima, mas não é neutra, e tem produzido mudanças rápidas.

Citando autores de livros, ela discorreu sobre o que é a adolescência e o que é ser adulto e citou três problemas dos pais com relação aos filhos: superproteção, superdirecionamento e superajuda. Jacqueline também falou sobre os desafios. Para ela, os pais precisam encontrar oportunidades de oferecer aos filhos a chance de aprender e, para isso, é necessário tentar, fracassar e aprender.

Ela também deu dicas aos pais para ajudar aos filhos crescerem e ficarem independentes, entre elas que não façam tantas coisas por eles, sejam exemplo, aprendam a dizer não, questionem a relação dos filhos com o dinheiro. Ela também recomendou aos pais: “priorizem a sua saúde e bem-estar e arrumem tempo para seus relacionamentos mais importantes”. O evento encerrou com um jantar que contou com a presença de casais integrantes das Diretoria Social.