divdiv
PUBLICIDADE

Meio ambiente

Publicidade

10 mandamentos para ajudar a Terra no dia do Meio Ambiente

Aproveite que 5 de junho é o Dia Mundial do Meio Ambiente e descubra como você pode aumentar a sua contribuição para torná-lo melhor

Por: Portal Terra

Cerca de 7,6 bilhões de pessoas habitam a Terra e, em média, cada uma produz de 6 a 15 toneladas de dióxido de carbono por ano. O C02 é o principal responsável pelo efeito estufa, que vem fazendo as temperaturas do globo ficarem mais altas. Ao seguir essas dicas, você pode fazer uma tremenda diferença e ajudar o planeta no dia do Meio Ambiente.

1. Se você ainda tem lâmpadas incandescentes em casa, troque por econômicas. Se cada 100 mil pessoas trocassem cinco lâmpadas incandescentes de 60 W por cinco econômicas de 15 W, usadas por 30 min por dia, elas consumiriam cerca de 40 kWh menos a cada ano. Isso significa emitir 1 bilhão de quilos de CO2 no meio ambiente por ano.

2. Desligue lâmpadas e outros aparelhos elétricos que não estejam sendo usados. Aquela TV que fica ligada na sala quando ninguém está lá, por exemplo, ou o computador. Tire também todos os aparelhos da tomada se não estiver em casa.

3. Se você adora uma SUV, fique atento ao gasto de combustível. Você realmente precisa de um carro beberrão com esse ou pode colaborar mais com o meio ambiente?

4. Habitue-se a só usar o carro para trajetos longos. Será que não dá para ir à padaria a pé ou de bike, ainda que ela esteja a 10 quadras da sua casa? E o supermercado? Tem certeza de que não dá para colocar uma cestinha na frente da bicicleta e fazer suas compras com ela? Exercitar-se é bom para o meio ambiente e, além de tudo, benéfico para a sua saúde. Lembre-se: os carros poluem mais quando o motor está frio. Portanto, deixe-o em casa se o trajeto for curto. Praticar o plogging também é uma alternativa.

5. Passada a pandemia, volte a utilizar o transporte público. Um ônibus com 12 passageiros dentro produz menos poluição do que seis carros. Se realmente você não se dispõe a pegar um ônibus, que tal organizar um sistema no seu prédio que promova caronas, o chamado carro compartilhado? Será que não há ninguém lá que trabalha perto de você?

6. Pare de usar saquinhos no supermercados. As chamadas ecobags são baratas e amigas do ambiente. Cada um desses sacos pesa cerca de 5 g. Se cada 100 mil pessoas reduzissem o consumo de sacos a 11 por semana, isso significaria 200 mil toneladas a menos de plástico usado por ano, que não poluiriam o meio ambiente.

7. Se você mora em uma casa e tem jardim, faça composto a partir do lixo. As folhas da salada que sobraram, sacos de chá, folhas do próprio jardim, grão de café, podem ser transformados em composto que adubarão o solo e alimentarão as plantas.

8. Recicle o lixo. É fácil, barato e ecológico. Separar o material orgânico daquilo que pode ser reciclado é facílimo. Basicamente pode ser reaproveitado vidro, plástico, latinhas e papel, desde que limpo. Papel higiênico usado não vale. Pilhas, entretanto, devem ser descartadas em outro local.

9. Não descarte nada na rua nem jogue lixo pela janela do carro ou na praia. A cidade e as rodovias não são lixeiras a céu aberto. Não custa muito levar um saquinho à praia ou dentro do carro para abrigar o que você produziu.

10. Pouca gente se dá conta disso, mas barulho é um tipo de poluição para o meio ambiente. Cidades com São Paulo são tão poluídas sonoramente quanto o ar o é. Boa parte de barulho infernal é causado por apressadinhos no trânsito, que metem a mão na buzina a todo instante ou ficam acelerando como loucos no semáforo, sem se darem conta de que aquilo não os fará andar mais rápido. Ou por gente que liga o som em casa no último. Senso de coletividade é saber que ninguém vive só. E a vida em coletividade exige que se respeite o próximo.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE