divdiv
PUBLICIDADE

Região

Publicidade

Assessor jurídico da AMAU morre em decorrência de complicações causadas pela Covid-19

Geison Bortulini estava internado no Hospital de Caridade em Erechim desde o dia 31 de maio

Por: Da Redação
Fotos: Arquivo Pessoal

Nesta sexta-feira, 2, o advogado e assessor jurídico da Associação dos Municípios do Alto Uruguai (AMAU), Geison Bortulini de 42 anos de idade, faleceu em decorrência de complicações da Covid-19.

Ele estava internado no Hospital de Caridade em Erechim, desde o dia 31 de maio, sendo transferido para a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) no dia 3 de junho.

Geison foi vereador de Campinas do Sul entre os anos de 2005 à 2008 e concorreu a prefeito do município nas eleições de 2020.

Confira na íntegra a nota de falecimento divulgada pela AMAU:

“A Associação de Municípios do Alto Uruguai (AMAU) comunica com pesar o falecimento de seu assessor jurídico, Geison Bortulini, 42, às 19h desta sexta-feira (2), em razão de complicações da covid-19.
O advogado foi internado em 31 de maio no Hospital de Caridade de Erechim, sendo transferido no dia 3 de junho à UTI covid-19 da instituição.
Dr. Geison Bortulini, como era chamado entre os prefeitos e colegas, morava em Campinas do Sul, casado e tinha três filhos. Seu pai, Leonir, presidiu a Associação de Municípios em 1985.
A AMAU decretou luto de 3 dias em homenagem a Geison Bortulini, brilhante profissional e ser humano exemplar, que cativou a todos por sua capacidade, talento, ética e caráter.
Aos familiares, nossos votos de pesar e consideração.
O legado de Geison, lutador incansável e defensor dos interesses da região, ficará para sempre marcado na história da instituição e daqueles que o conheceram.
Descanse em paz, amigo”.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE