divdiv
PUBLICIDADE

Cidade

Publicidade

Aulas presenciais retornam de maneira escalonada em Erechim para Educação Infantil, 1º e 2º anos do Ensino Fundamental I

As aulas presenciais escalonadas iniciam na próxima segunda-feira (26), para mais de 6 mil estudantes

Por: Ascom

A Secretaria de Educação de Erechim, se reuniu na tarde desta sexta-feira (23), com as equipes diretivas das 17 escolas do Sistema Municipal de Ensino. Os trabalhos foram coordenados pela secretária Verenice Lipsch, o diretor pedagógico, Fabrício Brustolin e equipe pedagógica.

As aulas presenciais escalonadas iniciam na próxima segunda-feira (26), para mais de 6 mil estudantes. Veja como ficou:

Educação Infantil – tempo integral:as turmas foram divididas em dois grupos, sendo que um grupo vai para a Escola todas as manhãs e outro todas as tardes.

Educação Infantil – tempo parcial: as turmas foram divididas em dois grupos. Cada grupo terá atividades presenciais em uma semana e não presenciais em outra.

1º e 2º anos do Ensino Fundamental: as turmas foram divididas em dois grupos. Cada grupo terá atividades presenciais em uma semana e não presenciais em outra. Os estudantes que tiverem nas salas de aula deverão manter o distanciamento de 1,5m entre as classes, com materiais individuais.

Os pais e/ou responsáveis que não quiserem que os filhos participem das aulas presenciais deverão informar a Direção da escola, assinar o Termo de Responsabilidade e continuar retirando as atividades para serem realizadas de forma não presencial, conforme cronograma da Escola. Para melhor organização, recomendamos às famílias que aguardem o contato da Escola.

Todas as escolas do município já tem os Planos de Contingência para prevenção, monitoramento e controle da Covid-19, aprovados pelo Comitê Covid e estão equipadas com álcool em gel, máscaras, verificador de temperatura e tapetes sanitizantes. Todos cuidados de higiene e saúde devem ser seguidos. “Estamos organizados para retomar as aulas presenciais, mas temos que manter todos os cuidados, pois a pandemia ainda não acabou. Quando tivermos bandeiras com protocolos mais brandos, com certeza também poderemos retornar as aulas presenciais com outros níveis.” esclarece a secretária de Educação, Verenice Lipsch.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE