divdiv
PUBLICIDADE

Cidade

Publicidade

Grupo Jupem completa 54 anos nesta sexta-feira

Jupem transformou-se em um dos maiores grupos folclóricos poloneses do mundo

Por: Ascom

Fundado em 06 de maio de 1968 pelos religiosos Padre Walenty Nowacki e Irmã Wanda Szymla, o grupo foi criado com o intuito de cultivar a cultura polonesa entre os jovens.

O canto, a música e a dança sempre estiveram muito presentes, característica do povo polonês, sem esquecer da fé e da religiosidade.
Com o passar do tempo, o Jupem transformou-se em um dos maiores grupos folclóricos poloneses do mundo, sendo referência cultural da etnia fora do país eslavo.
Toda esta trajetória teve relevante trabalho dos membros, famílias, coreógrafos e diretorias que passaram pelo grupo, tendo o maior dos desafios: manter viva a tradição do povo polonês, através do exemplo e dedicação de seus fundadores.
O profissionalismo do Jupem é perceptível quando sobe aos palcos, seja através dos trajes coloridos, muitos destes vindos da Polônia, ou pelas danças e coreografias contagiantes.
Para o Diretor Artístico e Instrutor de dança, Jeison Lipnharski, ‘‘fazer parte do Grupo Jupem é uma imensa alegria e uma grande realização. Poder integrar este grupo como instrutor e diretor artístico e estar representando a etnia a qual eu tenho descendência, é uma destas realizações. O Jupem sempre me trouxe oportunidades, experiências, amizades e lições inesquecíveis que marcaram a minha vida. Ser parte dos 54 anos de história do Jupem, este grupo artístico tão importante e relevante para a identidade cultural de Erechim, nos traz alegria e imensa gratidão. Olhar esta trajetória percorrida e reconhecida, nos dá ainda mais energia para continuar levando a cultura polonesa e a cidade de Erechim pelo mundo’’, ressalta.
Completar mais de meio século de vida e história, certamente levou o Grupo Jupem a superar diversos obstáculos e desafios, e sua trajetória foi composta por muitas mãos, muitas famílias, muitos dançarinos e instrutores, voluntários e pessoas da comunidade que sempre apoiaram, se engajaram e se dedicaram para que o Grupo se fortalecesse.
‘‘Para mim este estes 54 anos têm o sentimento festivo e de pertencimento. Pertencer a este grupo e tudo o que ele proporciona, além do forte laço de amizade, cumplicidade, dedicação, amor e representatividade. Para os próximos anos, desejamos que o grupo mantenha sua alma e a cultura viva, que possamos ir em frente e surpreendendo cada vez mais, como sempre foi a história do Jupem, de superação e emoção’’, afirma a atual Presidente Mônica Kieling.

PRÊMIOS E PARTICIPAÇÕES CONQIUSTADOS EM 54 ANOS DE TRAJETÓRIA

1985 – Medalha de MÉRITO CULTURAL, recebida em Curitiba, oferecida pelo Governo Polonês através do Consulado Geral da Polônia.

Troféu DESTAQUE EM CULTURA na Noite das Personalidades, conferido pelo colunista Eduardo Sampaio, Erechim – RS (1985/1986)

1988 – Participação no Festival Internacional de Folclore de Campos do Jordão – SP.

1991 – TROFÉU BOTA AMARELA oferecido pela Prefeitura Municipal de Erechim/RS, ao Grupo, pela divulgação do município.

1992 – Participação no Festival Internacional de Folclore de Passo Fundo. Promoção do CIOFF – UNESCO.

1993 – Participação no Festival Internacional de Campina Grande – Paraíba.

1996 – GRAND PRIX no Festival Internacional de Grupos Folclóricos Poloneses, em Rzeszów – Polônia.

1996 – 1º lugar no Dança Rio Grande – Mapa Cultural Gaúcho, em Porto Alegre – RS.

1996 – Participação no Dança Rio Grande – Mapa Cultural Gaúcho. Porto Alegre.

1996 – Participação no Festival Veranos de Pozuelo – Pozuelo de Alcarón / Espanha.

1997 – Festival Interdanza – Assunción / Paraguai

1º lugar: Juvenil Avanzado – Folklore de Imigración Danza Mazur

1º lugar: Pré infantil – Folklore de Imigración Danza Lublin

2º lugar: Pareja Juvenil Avanzado – Danza Latinoamericana – Forró da Boneca

1998 – Participação no Encontro Latino-americano de Folclore – Córdoba / Argentina.

1998 – Participação no Encontro Regional Infantil de Folclore “Abriendo Surcos” – Córdoba / Argentina

2000 – Participação no Encontro Latino-americano de Folclore – Córdoba / Argentina.

2001 – Concurso Porto Alegre em Dança

2º lugar: Kujawiak z Oberekiem (solo)

2º lugar: Mazur Szlachecki (Adulto)

2º lugar: Góral Podhale (solo)

2002 – Participação no Encontro Latino-americano de Folclore – Córdoba / Argentina.

2002 – Participação especial como Grupo convidado no XIII Festival de y Fanfarrias, em Melipilla / Chile.

2003 – Participação no 25º Festival Internacional de Folclore de Caruarú (Pernambuco), promovido pelo CIOFF.

2004 – Troféu Destaque Cultura Gaúcha, oferecido pela Secretaria Estadual da Cultura do Rio Grande do Sul.

2004 – Participação especial como Grupo convidado no XV Festival de y Fanfarrias, em Melipilla / Chile.

2006 – Participação no 11º Festival Internacional de Folclore de Montes Claros (MG), promovido pelo CIOFF.

2008 – II Festival de Folclore Polonês Infanto Juvenil em Curitiba (PR) – 1º lugar na categoria Juvenil.

2009 – Participação no I Festival de Danças Folclóricas de Criciúma (SC) – 1º lugar na categoria Conjunto avançado, e Grupo Destaque do Festival.

2009 – Participação no III Festival de Folclore Polonês Infanto Juvenil, em Curitiba (PR) – 3º lugar na categoria Juvenil.

2010 – Participação no Festidanza 2010 – Arequipa / Peru.

2010 – II Festival de Folclore Polonês Infanto Juvenil em Curitiba (PR) – 1º lugar na categoria Juvenil.

2011 – Participação no III Festival de Danças Folclóricas, em Criciúma (SC) – Eleito um dos seis destaques do Festival, entre 22 grupos participantes.

2012 – 30º Festival de Dança de Joiville

1º lugar na categoria Conjunto Avançado

Melhor Grupo da 30º Edição do Festival

  • Indicação para o prêmio Revelação, pelo figurino.

2016 – Participação no Festival Pilar de la Cordialidad, em Pilar / Paraguai.

2018 – Participação no Festival internacional de Folclore de Passo Fundo – RS.

2019 – Participação no III Encuentro Internacional de Folklore – Chile.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Publicidade