divdiv
PUBLICIDADE

Educação

Publicidade

Hospital Santa Terezinha forma mais uma turma de médicos residentes

O ato solene formou sete médicos residentes

Por: Ascom

Nesta quinta-feira (24), no Auditório da Fundação Hospitalar Santa Terezinha (FHSTE), aconteceu o ato solene de formatura de sete médicos residentes, nas áreas de pediatria, ginecologia e obstetrícia, clínica geral, cirurgia geral e ortopedia e traumatologia.

O evento contou com a presença dos diretores, formandos, médicos supervisores e preceptores, equipes médicas das respectivas áreas, equipes técnicas e familiares.

Vale destacar que a residência médica é um programa do Ministério da Educação, em consonância com a Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM), do próprio órgão ministerial.

O Programa de Residências Médicas da FHSTE tem habilitado sete residências nas mais diversas especialidades, sendo pediatria, ortopedia e traumatologia, ginecologia e obstetrícia, cirurgia geral, clínica médica, medicina de família e comunidade e anestesiologia, que foi aprovado no segundo semestre de 2021, após visita dos avaliadores do Ministério da Educação (MEC).

Recentemente ocorreu o processo seletivo para os novos médicos residentes, para os anos de 2022 a 2024 e contou com o ingresso de mais oito médicos em quatro áreas, após transposição do processo seletivo.

A residência médica da FHSTE é coordenada pela Comissão de Residência Médica (COREME), que tem na liderança dos trabalhos o médico Celso David Lago e conta com o apoio dos médicos preceptores e das equipes médicas, técnicas e de apoio da instituição de saúde.

Está previsto para meados de março a inauguração da Área do Conhecimento “Somos todos Santa”, que vai agregar os espaços acadêmicos e de formação especializada, com salas apropriadas para a residência médica, internato acadêmico, salas de estudo, estudo de casos clínicos e plantão, no sentido de qualificar as estruturas e os cenários das práticas médicas e acadêmicas.

O hospital de caráter local, regional, macrorregional e estadual vem se consolidando como um Hospital de Ensino (HE), e no final de 2021, após visita dos avaliadores do MEC teve os cursos referendados e aprovada a implantação da residência da área da anestesiologia, o que corrobora com o fortalecimento da instituição no campo da educação. Para a direção da Casa de saúde, as pastas saúde e educação caminham lado a lado e se complementam, dia a dia.

Para o diretor Executivo da FHSTE, Jackson Arpini, as residências médicas são cenário de aprendizagem em serviço e de qualificação profissional, auxiliam nas ações e serviços da Casa de Saúde, bem como oferecem oportunidade para os médicos se fixarem na instituição e na região, aumentando a oferta de profissionais médicos especialistas.

“Temos consciência que é um programa em constante aperfeiçoamento e maturação e se olharmos para os tempos de outrora, quando selecionamos o município de Erechim para implantar um Curso de Medicina, ainda em 2013, verificamos que estamos avançando”, pontua.

Na solenidade de formatura se pronunciaram o médico Celso Lago, em nome da COREME, o médico Jean Zanardo, em nome dos profissionais supervisores e equipes, a médica Beatriz Ritter Kirst, oradora da turma, e o diretor Executivo da FHSTE, Jackson Arpini.

Na ocasião concluíram o processo de formação em serviços os médicos:  Beatriz Ritter Kirst (Pediatria), Bruna Nojiri da Silva (Ginecologia e Obstetrícia), Clarice Almeida de Souza (Cirurgia Geral), Gislaine Rodrigues Borges (Ginecologia e Obstetrícia), Gleykn Boris Trzeciak (Ortopedia e Traumatologia), Juliana Meire de Souza Carvalho Trzeciak (Clínica Médica) e Marcelo Marques Duarte (Cirurgia Geral).    

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Publicidade