divdiv
PUBLICIDADE

Cidade

Publicidade

Prazo para rematrícula na Educação Infantil vai até 22 de outubro

Além das rematrículas, o Decreto também aponta os períodos de inscrições e matrículas novas para os estudantes que pretendem uma vaga nas Escolas Municipais

Por: Ascom

Passado o período de inscrição para crianças que precisam uma vaga na Educação Infantil a partir de 2022, que aconteceu entre 2 de agosto e 8 de outubro, começou na quarta-feira, 13, o período de rematrículas para os estudantes da Educação Infantil, do Ensino Fundamental e da Educação de Jovens e Adultos (EJA), para o ano letivo de 2022, das Escolas Públicas do Sistema Municipal de Ensino de Erechim, conforme determina o Decreto Nº 5.329/2021.

O primeiro grupo de estudantes que deve comparecer as Escolas Municipais, durante os horários de funcionamento de cada unidade, são os da Educação Infantil, que tem até o dia 22 de outubro para realizar a rematrícula. Os pais e/ou responsáveis devem comparecer nas Escolas Municipais e atualizar os dados como RG, CPF e Comprovante de Residência. Os estudantes matriculados nas escolas particulares contratadas, serão avisados da matrícula diretamente na Central de Vagas, também não precisando realizar esta inscrição.

Períodos de rematrículas

13 a 22 de outubro: Educação Infantil

8 a 12 de novembro: Ensino Fundamental

22 a 26 de novembro: Educação de Jovens e Adultos (EJA)

Além das rematrículas, o Decreto também aponta os períodos de inscrições e matrículas novas para os estudantes que pretendem uma vaga nas Escolas Municipais. Os novos inscritos para Educação Infantil de 2022, deverão aguardar o contato da Central de Vagas, por mensagem via WhatsApp ou ligação no número de contato cadastrado a partir de janeiro.

Períodos de inscrições

22 a 30 de novembro: Ensino Fundamental

13 a 22 de dezembro: Educação de Jovens e Adultos (EJA)

Períodos de matrículas

13 a 17 de dezembro: Ensino Fundamental

24 a 31 de janeiro: Educação de Jovens e Adultos (EJA)

25 a 31 de janeiro: Educação Infantil

Na matriculas, tem prioridades os estudantes que têm deficiências; crianças em situação de vulnerabilidade social; estudantes que tenham pai, mãe ou responsável residindo no município de Erechim e famílias que obedeçam ao critério de zoneamento, mediante comprovação de residência ou contrato de aluguel. Quando o número de inscritos for maior que o número de vagas ofertado por uma unidade, haverá sorteio para designar os estudantes em cada vaga. Já matrícula por transferência, será possível se houver vaga, a qualquer tempo, obedecendo ao critério de zoneamento.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE