divdiv
PUBLICIDADE

Brasil

Publicidade

Réveillon deixou rastro de lixo na praia em Balneário Camboriú

As equipes de limpeza tiveram trabalho na região central, onde foram registradas as maiores aglomerações

Por: NSC Total

O Réveillon pode ter sido diferente em Balneário Camboriú, com as restrições impostas pela pandemia e sem a queima de fogos. Mas uma tradição nada honrosa se manteve intacta: o lixo deixado na faixa de areia.

As equipes de limpeza tiveram trabalho na região central, onde foram registradas as maiores aglomerações. Garrafas, copos e até rojões – que estavam proibidos – ficaram na areia.

O lixo se foi com o trabalho de quem varou a madrugada. Com reforço no número de trabalhadores, a Praia Central já estava livre de lixo quando chegou a manhã. Mas ficou o registro fotográfico, mostrando que o ano novo estreou com ‘mais do mesmo’ quando o assunto é cuidado com o meio ambiente.

Havia lixeiras disponíveis em toda a orla. Mas, ainda que não houvesse, cada um tem obrigação de cuidar do lixo que gera. O curioso é que tal desrespeito venha de quem também não respeitou as regras de distanciamento social, necessárias para frear a transmissão da Covid-19, que já matou mais de 5 mil pessoas em Santa Catarina.

O estado em que foi deixada a praia, mesmo com menos gente na faixa de areia do que nos anos anteriores, é um misto de relaxo com deboche. Pior ainda que imagens como essa apareçam depois de um ano tão difícil como foi 2020, em que boa parte de nós pensou que o coronavírus despertaria o ser humano para a empatia e o respeito.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE