divdiv
PUBLICIDADE

Viagens

Publicidade

#Só de ida – Cascata do Maringá

Vila Maria é a parada do nosso final de semana

Por: Jonathan Dorigon
Fotos: Prefeitura de Vila Maria

No caminho para a serra gaúcha nos deparamos com uma pequena cidade, 124km longe de Erechim, com pouco mais de 4.000hab passando Marau, chegamos a Vila Maria.

Chegando na cidade pegamos uma estrada de chão e mais 9km chegamos na Cascata do Maringá.

A cascata faz parte de um Parque Municipal que é governado pela prefeitura da cidade, no local pode-se encontrar uma usina geradora de energia construida em 1947, que ainda está em funcionamento. Porém nossa diversão se encontra em duas cascatas.

Cascata do Maringá

A primeira parada é a Cascata do Maringá que tem aproximadamente 50 metros de queda e lá embaixo forma uma enorme piscina natural com aguas frescas para quem quiser se banhar, vale lembrar que o local é fundo então, cuidados redobrados quando entrar.

A dica aqui é levar tudo de casa, o parque está bem abandonado e nem acesso aos banheiros é possível. Existe uma trilha pelo lado dentro da mata que pode-se chegar ao topo da cachoeira, vale a pena o esforço. O local é público e não necessita pagar para entrar.

Cascata O Porongo

A segunda cascata é O Porongo aqui para chegar começando da Cascata do Maringá da aproximadamente 7km, o local é privado, paga-se uma taxa para chegar no local para passar o dia ou para acampar e passar a noite no meio da natureza, o local possui um gramado amplo para camping e conta com uma infraestrutura para recepcionar os aventureiros.

Vale muito a viagem, e lembre-se, nada de lixo na natureza!

 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE