divdiv
PUBLICIDADE

Mundo

Publicidade

Variante Delta já predomina na maioria das regiões do mundo, aponta relatório da OMS

Nos últimos três meses, 90% de todos os genomas submetidos a um banco de dados global correspondiam à cepa indiana

Por: R7

A OMS (Organização Mundial da Saúde) informou em seu relatório semanal sobre a covid-19, divulgado nesta terça-feira (21), que a variante Delta do coronavírus já é predominante “na maioria das regiões do mundo”.

A entidade salienta ainda que a cepa, identificada na Índia em outubro de 2020, representou 90% de todas as sequências genéticas submetidas ao banco de dados global GISAID com data de coleta de amostra entre 15 de junho e 15 de setembro.

No Brasil, dados da Rede Genômica Fiocruz mostram que a Delta também já é prevalente no Brasil, com 74,5% de todos os genomas sequenciados no mês de agosto. No mês anterior, a prevalência era de 25,4%.

A Delta é classificada pela OMS como uma VOC (variante de preocupação), especialmente por ser muito mais transmissível do que as outras cepas, como Alfa, Beta e Gama.

A variante também tem uma capacidade maior de reduzir a atividade de anticorpos neutralizantes conferidos pela própria covid-19 e pela vacinação.

Todavia, a imunização completa continua a ser a melhor forma de evitar quadros graves da doença, independentemente da variante.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE