divdiv
PUBLICIDADE

Cidade

Publicidade

Vereador pede a municipalização da água em Erechim

O pedido foi protocolado na Casa Legislativa e deve ir a plenário na próxima sessão

Por: Ascom

O vereador Claudemir de Araújo (PTB), protocolou nesta sexta-feira, 4, um pedido de providências propondo ao Poder Executivo a realização de um estudo técnico e financeiro para municipalização da água em Erechim.

Segundo o parlamentar, a Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) tem no município cerca de 50 mil economias. “No ano de 2020 a Corsan faturou R$ 50 milhões. Lembro que findou o contrato de concessão 1998 a 2008, com faturamento aproximado de R$ 230 milhões, afirma o edil.

Araújo ainda destaca que a companhia não estaria cumprindo acordos e, por isso, se faz necessário o estudo técnico.

“Numa concessão de 30 anos de duração, as partes acordaram e assumiram compromissos diversos. Um deles, ampliações e construções de estações de tratamento de água e efluentes, mas, infelizmente, nada foi cumprido. Resta lembrar e registrar que durante os últimos 12 anos de vigência do contrato de concessão, mesmo com efeito suspensivo, a Corsan faturou cerca de R$ 400 milhões, sendo que pouco ou quase nada foi reinvestido em Erechim, que proporcionou uma arrecadação invejável aos cofres da companhia”, finaliza o vereador.  

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE