divdiv
PUBLICIDADE

Agronegócio

Publicidade

Azeite Gaúcho é o melhor do mundo

Feito no Rio Grande do Sul desde 2019, é a primeira vez que a marca participa da competição

Por: Revista Oeste

Produzido em Triunfo (RS), o azeite brasileiro Milonga recebeu o prêmio de melhor azeite do Hemisfério Sul no EVO IOOC Italy 2022. A competição foi realizada neste mês de maio.

De acordo com as regras do concurso, produtos de hemisférios diferentes não podem competir entre si. Desse modo, o azeite brasileiro Milonga conseguiu a premiação máxima no concurso.

O Milonga é produzido com azeitonas do tipo arbequina, uma variedade espanhola. “Nosso arbequina recebeu o prêmio máximo da competição sendo eleito o melhor azeite do Hemisfério Sul, além de recebermos medalha de ouro no nosso corte arbequina/coratina e prata no nosso Koroneiki”, disse Chris Vogt.

Criada em 2019, a marca ainda não havia participado de competições internacionais. “É a primeira vez que colocamos nossos azeites em concursos”, comentou Vogt, sommelier e um dos proprietários da marca. “Isso prova quanto nossos azeites são especiais.”

De acordo com o Canal Rural, a produção de azeitonas da empresa está em cerca de 80 toneladas. Mas existe a projeção de alcançar 200 toneladas por ano até 2027. O azeite brasileiro Milonga pode ser comprado por meio da loja no site da empresa. Porém, a premiação EVO IOOC Italy alavancou as vendas de modo inesperado. Uma garrafa de 250 ml custa cerca de R$ 60.

“Todos os pedidos gerados serão atendidos”, informa um comunicado no site. “Mas, no momento, pelo respeito que temos com nossos clientes, estamos colocando somente com pré-venda, com previsão de expedição para a segunda semana de junho. Não se preocupe, que ainda temos um bom estoque e em alguns dias iremos retomar as vendas mais preparados. Mas foi uma situação que não esperávamos.”

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Publicidade