divdiv
PUBLICIDADE

Cidade

Publicidade

Dia do amigo: “meus amigos se tornaram minha segunda família”, diz Mariana

Quando se mudou para Londres, as amigas se tornaram o porto seguro da erechinense Mariana

Por: Milena Mezalira

Para marcar o dia do amigo, celebrado nesta terça-feira, dia 20 de julho, a erechinense que atualmente mora em Londres, Mariana Baciquetto de 23 anos, nos contou uma das suas histórias mais marcantes sobre amizade.

Próxima parada: Londres

Mariana é jornalista formada e sempre sonhou ir para Londres para fazer mestrado, porém, mesmo com bolsa de estudos, o valor do mestrado era muito alto. Como não conseguiu viajar, Mariana criou um jeito de ensinar inglês para as pessoas através do Whatsapp e por meio de uma amiga conheceu Luana, que é brasileira, mora em Londres e trabalha como Au Pair. Em Londres, Au Pair é uma babá que mora dentro da casa de uma família e cuida das crianças.

Luana acabou virando, mesmo que virtualmente, uma das melhores amigas de Mariana. As duas acabaram se aproximando pois eram fãs da mesma banda, One Direction. A nova amiga explicou como fez para conseguir trabalhar na Inglaterra e Mariana decidiu fazer o mesmo que ela.

O plano de Mariana era de ir para o país em 2021/2022, mas como a Inglaterra saiu da União Européia, quem quisesse entrar para trabalhar como Au Pair precisava estar no país antes do final de dezembro de 2022. Ela então decidiu se mudar em dois meses, mesmo em meio à pandemia. Mariana conheceu a família que iria trabalhar através de grupos no Facebook, organizou a documentação necessária e em outubro de 2020 mudou-se de Erechim para Londres.

O encontro

Quando chegou na Inglaterra, Mariana precisou ficar 14 dias de quarentena. Após os 14 dias, o encontro finalmente aconteceu: Luana foi até a casa de Mariana e a levou conhecer os principais pontos turísticos da cidade. Além disso, segundo a erechinense, o auxílio da amiga foi essencial para que ela pudesse aprender a se locomover na cidade.

“Elas foram essenciais para minha alegria”

Atualmente, Mariana tem três amigas fiéis na Inglaterra. Luana, Izadora e Vitória, ou ‘Mixuruquinhas’, como é o nome do grupo. Sem as amigas, Mariana conta que não estaria bem. “A amizade delas é muito importante para mim, eu estou longe da minha família vai fazer quase um ano e eu sou uma pessoa que precisa ter amigos perto para conseguir recarregar as energias. Como eu cheguei no meio de uma pandemia, entramos em Lockdown, então eu não conseguia ver ninguém e essas quatro amigas me ajudaram a passar por esse momento tão difícil. Eu estava com saudade de casa, me sentindo muito perdida e confusa sobre o que fazer, elas foram essenciais para a minha alegria”, conta Mariana.


Ela ainda cita que os amigos brasileiros também são essenciais em sua vida, e que está ansiosa para voltar ao Brasil e revê-los. Inclusive, na parede do quarto de Mariana, tem foto de todos os amigos brasileiros que por aqui ficaram.

“Morar em outro país, completamente sozinha e sem poder visitar a família por conta de uma pandemia é assustador, mas são minhas amigas daqui que estão fazendo a experiência ser maravilhosa”, finaliza Mariana.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Publicidade